Conscientização através da novela

Segundo estatísticas, há 24,5 milhões de portadores de deficiências no Brasil.  Boa parte deles necessitam de cadeira de rodas para se locomoverem, são os chamados cadeirantes. Muitos tem uma vida ativa, trabalham e estudam e, por isso, precisam se movimentarem pelas cidades. Mas será que os municípios brasileiros, principalmente os grandes centros urbanos, estão preparados para proporcionar o bem estar desses cidadãos?

A história de vida da personagem Luciana (Alinne Moraes) em “Viver a Vida”, que se tornou cadeirante após um acidente de ônibus, inspirou o artista plástico Marcus Baby a criar uma boneca que passa pelas mesmas dificuldades da personagem da novela de Manoel Carlos.

artista plástico revelou em sua página pessoal que, a princípio, pretendia fazer uma boneca cadeirante com semblante triste, porém, após assistir uma cena da novela, em que Luciana posava para um ensaio fotográfico, mudou de ideia. “Encontrei a boneca perfeita para fazer a minha Alinne”, conta.


Após assistir a cena, ele resolveu trocar o cabelo original e fez algumas alterações como o aumento dos lábios e nas sobrancelhas. Já a roupa da boneca é a mesma usada por Luciana no ensaio.


Baby é conhecido por criar bonecas de algumas personalidades. Recentemente, ele criou uma baseada na apresentadora Hebe Camargo. Porém, suas obras não serão colocadas à venda e farão parte de um acervo.


 fonte: http://natelinha.uol.com.br/2010/02/23/not_29189.php

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo carinho!
Retribuo em breve!